A incerteza na economia brasileira

Adentramos o segundo mês do ano de 2021. Contudo, ainda há incerteza na economia brasileira. Diversos fatores contribuem para isso. Mas há solução.
A incerteza na economia brasileira

Adentramos o segundo mês do ano de 2021. Contudo, ainda há incerteza na economia brasileira. O principal causador disso é a pandemia do COVID-19.

Estamos presenciando a segunda onda de contaminação. Os impactos ainda são de difícil mensuração. Além disso, a falta de planejamento para a vacinação da população também impede uma retomada mais firme.

O fim dos programas de complemento a renda proporcionados pelo governo pode afetar o consumo, que apresentou uma significativa recuperação no segundo semestre do ano passado.

Não se pode esquecer também que, devido ao auxílio emergencial, o governo teve altos gastos. O problema fiscal brasileiro, que já vem dos últimos anos, só se agravou.

Avalia-se que a questão fiscal continue sendo uma pauta central para os próximos dois anos. Há uma estimativa que as contas públicas voltem para o azul só em 2027.

Contudo, isso não significa que o país esteja na pior situação. O cenário é claro e as medidas necessárias são desafiantes.

“A situação é a seguinte: hoje, o Brasil não pode abrir mão de R$ 1 de receita e ainda tem de se esforçar para recuperar neste e nos próximos anos a receita que perdeu com a crise da covid-19 na queda do PIB e na arrecadação”,

declarou  Mansueto Almeida, secretário do Tesouro, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

O que fazer?

Apesar da incerteza na economia brasileira, o momento é de planejamento e ação. A recuperação econômica vai acontecer, mesmo que a passo lentos.

Além disso, alguns setores tem uma boa perspectiva de crescimento no mercado brasileiro. As startups receberam muito investimento internacional no ano passado e essa tendência tende a aumentar em 2021.

Com a vacinação ocorrendo nas grandes economias, o comércio internacional deve normalizar. Isso vai favorecer a nossa economia.

Recomendamos algumas medidas para agora:

  • Observe as tendências e o comportamento do mercado do seu setor;
  • Siga o planejamento preparado para esse ano – caso não tenha um, faça o quanto antes;
  • Busque inovar, trazer o diferencial para o mercado vai te destacar diante da concorrência;
  • Esteja preparado para imprevistos e conflitos;

As crises sempre trazem inovações. As ações precisam ser cautelosas, mas também precisam ser tomadas!

Gostaria de ter estratégias semelhantes aplicadas à sua empresa?

Fale com um de nossos consultores para saber como podemos gerar mais resultados para sua empresa.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *